NOTÍCIAS & EVENTOS

27 de janeiro de 2021 / Por / 0 Comentário

Sprinkler para indústria: recomendações

A instalação de sprinkler para indústria é indispensável à segurança de todos. Para conhecer as recomendações de uso e mais informações, leia agora este artigo.

Sprinkler para indústria: recomendações

Um incêndio é um incidente que pode ocorrer em vários locais: empresariais, domiciliares e, até mesmo, na natureza. Em algumas vezes, o fogo se alastra de forma rápida e silenciosa, fazendo com que seja percebido um pouco tarde. Já em outras ocasiões, é possível perceber o princípio de chamas e cessá-las ou realizar os procedimentos padrões de segurança. Dessa forma, é preciso ter medidas que previnam esses acidentes ou que combatam as chamas, principalmente em ambientes com muitas pessoas. Por isso, é de muita importância contar com sprinkler para indústria. 

Em caso de áreas industriais, onde as pessoas estão lá trabalhando, ou visitando a empresa, é necessário ter algumas atenções na hora de instalar o chuveiro automático. Para ajudá-lo a entender melhor as recomendações sobre isso, leia este artigo. Traremos informações pontuais sobre o uso de sprinkler para indústria. Acompanhe!  

Importância do sprinkler para indústria 

Uma das grandes preocupações dos líderes da manufatura é o investimento em seus empreendimentos. Assim, a manutenção, funcionamento e segurança de suas máquinas e edificações são constantes cuidados que os empresários do setor têm. Além disso, com certeza, há uma grande atenção e proteção à vida de seus colaboradores, fornecedores e clientes que passam pela fábrica.  

Dessa forma, é extremamente necessário contar com itens que ajudam a preservar e a proporcionar mais segurança às edificações. E um desses dispositivos é o chuveiro automático. O sprinkler, quando utilizado na indústria, fica instalado no teto das fábricas e é acionado assim que o ambiente atinge determinada temperatura. Esse é um sistema prático, com eficiência comprovada em diversos estudos do mundo, como o de Hall Junior, e que tem ação automática. É um dos grandes aliados do Corpo de Bombeiros no combate às chamas. 

Além disso, possui um excelente custo-benefício, se comparado a outras medidas de prevenção ― que, também, são necessárias. Assim, contar com chuveiros automáticos na sua empresa é um excelente investimento em segurança, tanto das pessoas, quanto do seu patrimônio.  

Recomendações para sprinkler em indústria 

Embora ainda tenha falhas quanto à fiscalização e conte com normas como as da ABNT, a legislação brasileira para a instalação de sprinklers varia em cada estado do país. Quem determina as obrigatoriedades é o Corpo de Bombeiros de cada unidade federativa. Assim, o que vale em São Paulo, por exemplo, pode não ser exigido em Minas Gerais. Você pode simular uma comparação entre determinações estaduais no site da Sprinkler Brasil. 

Entretanto, grande parte do Brasil recomenda o uso de chuveiros automáticos em locais como: 

eBook: Sprinklers: O guia essencial
  • galpões de armazenamento; 
  • edifícios comerciais; 
  • indústrias; 
  • fábricas; 
  • clubes; 
  • hotéis; 
  • entre outros. 

Dessa maneira, o uso do sprinkler para indústria ocorre conforme o tipo de atividade da edificação, sua altura e risco de incêndio. Além disso, o grau de risco deve ser levado em consideração. Atualmente, a ABNT NBR 10897:2020 prevê uma classificação completa, exceto para galpões de estocagem, porém, trouxemos as principais para ilustrar, tais como as que você vê na sequência. 

  1. Risco leve: podemos citar igrejas, hospitais com ambulatórios, prédios de escritórios, de administração pública, hotéis entre outros. 
  2. Risco ordinário – grupo 1: tais como padarias, indústrias fabricantes de bebidas, de conservas, produtos lácteos, eletrônicos entre outros. 
  3. Risco ordinário – grupo 2: áreas de usinagem, indústria metalúrgica, lojas, fábricas de papel e celulose, e muito mais. 
  4. Risco extraordinário – grupo 1: fundições, extrusão de metais, fabricação de compensados e aglomerados etc. 
  5. Risco extraordinário – grupo 2: manufatura de casas pré-fabricadas é um exemplo. 

Entenda um pouco mais sobre a Classificação de risco para Proteção contra Incêndio. 

Como a área industrial é um espaço amplo e aberto, mais de um sprinkler deve ser instalado nos tetos. Para saber a quantidade de chuveiros automáticos que devem ter na sua fábrica, é possível realizar um cálculo prévio, como mostramos neste artigo. Porém, vale ressaltar que, para delimitar o número correto de dispositivos, é necessária a elaboração de um projeto executivo. Nesse documento, são consideradas informações como o tipo a ser adotado, bem como orientação, tipo de resposta e outros dados importantes.  

Tanto que há diversos modelos de chuveiros automáticos no mercado, cada um com uma característica e indicação de uso. Assim, há recomendações específicas para tipo de sprinkler destinado à indústria, como a de armazenamento variado que possui teto inclinado. 

Então, é muito importante ficar atento às diversas características da sua edificação, na hora de instalar os dispositivos. Além disso, na hora de projetar e comprar sprinklers para sua fábrica, não se esqueça de verificar se os dispositivos possuem certificação, para não acabar comprando tampões. Na Skop, você encontra uma grande variedade de chuveiros automáticos e todos são certificados. 

Para continuar a receber mais notícias, informações e dicas sobre segurança, prevenção e combate a incêndios, visite regularmente o nosso site. Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, fique à vontade para deixar o seu comentário. 

eBook: Sprinklers: O guia essencial

Compartilhe:

Deixe um comentário

BNDES
ABSpk
Reliable
ABNT
FM
UL
Assine nossa Newsletter:
×