NOTÍCIAS & EVENTOS

23 de março de 2020 / Por / 2 Comentários

Sprinklers estocagem e indústria

Tema 5: Neste artigo abordaremos algumas considerações gerais sobre os sistemas de sprinklers. Este artigo é parte de uma coletânea de 27 Temas, organizados em perguntas e respostas, elaborados pela Skop em parceria com a Ipê Consultoria.

Sprinklers estocagem e indústria

As observações contidas neste documento são registros de atendimentos técnicos pontuais ocorridos ao longo dos últimos anos. Em boa parte dos temas, não esgotam suficientemente os assuntos, sendo necessário recorrer às Normas e demais literaturas disponíveis; contudo, esta compilação constitui um acervo considerável de situações do cotidiano do projetista e demais profissionais do ramo de proteção contra incêndio por sprinklers. Este foi material foi organizado com a intenção de compartilhar experiências e colaborar com os trabalhos técnicos desenvolvidos pelos leitores.

20)Quando são necessários bicos In-Rack?

Quando não há critérios para proteção em áreas de estocagem com sprinklers apenas no teto. Isto ocorre quando teto é muito alto ou quando o risco a proteger é muito severo (Aerossol e inflamáveis por exemplo);

21)Qual é a pressão de trabalho de um sistema de sprinklers em um shopping?

E em um armazém com sprinkler de coeficiente de descarga K-25? A pressão de trabalho de ambos é de aproximadamente 150psi (10,5Kgf/cm²). A diferença é que no sprinkler, a pressão necessária em um shopping é de apenas 0,5 bar já em um K25 para galpões, com cerca de 13,7m de pé direito, é de 2,8bar.

22)É correto considerar uma pressão de trabalho de um sistema de sprinklers em galpão de armazenagem, entre 6 e 8Kgf/cm2?

Sim. A pressão total na rede não pode ser superior a 12 kgf/cm² (175psi).

23)Por que “sprinklers” K11 (K160-SI) não “brigam” com “sprinklers” ESFR, tem relação com o fato dos sprinklers K11 não atenderem adequadamente ao pé direito entre 10,7m e 14,6m?

O primeiro motivo é pelo fato do K11 ser de controle e o ESFR ser de supressão. São tecnologias e aplicações diferentes. Geralmente um não substitui o outro, ou seja, onde há a aplicação do K11 não é possível substituir por um “sprinkler” ESFR. Um exemplo disso é o da indústria onde o risco é classificado como extraordinário e neste caso é possível aplicar o K11 e não o ESFR.

24)Podemos afirmar que o sprinkler K11 CMDA é indicado para estocagens com pé direito menores que 9m e acima de 14,6m, independentemente da altura da estocagem?

Sim.

25)Quando destinado à indústria, “sprinkler” K11 CMDA atendem a todos os casos ou há exceções?

Este tipo de sprinkler atende a praticamente todos os casos de indústria, pois devido à tecnologia de controle ele pode ser aplicado em qualquer situação, exceto em riscos leves.

eBook: Sprinklers: O guia essencial

26)Em quais situações o “sprinkler” K11 CMDA seria aplicado acima de 14,6m de altura do armazém?

Em qualquer situação acima de 14,6m é necessário o uso de “sprinkler” dentro do “rack” (“in-rack”) e no teto. Neste caso, não há critério para uso do K11 somente de teto. O K11 também pode ser aplicado no “rack”, porém neste local geralmente são adotados “sprinklers” com fator K menor.

27)Qual a aplicação principal de “sprinklers” de resposta rápida e supressão antecipada (ESFR), depósitos de armazenamento ou indústrias?

Os “sprinklers” ESFR são indicados para galpões de armazenamento.

28)O “sprinkler” de resposta rápida e supressão antecipada (ESFR) K25 é indicado para um galpão que possui a estrutura do telhado em arco, com área de cerca de 17.000m², destinado à indústria?

A melhor indicação neste caso é que o projetista utilize “sprinklers” do tipo spray e não o ESFR. “Sprinklers” ESFR são destinados a depósito de armazenamento e não à indústria. Apesar de não ter sido informada a altura do pé direito, é possível que a melhor indicação seja a utilização de “sprinkler” com fator K11.

Conteúdo produzido em parceria com Ipê Fire Protection Consultoria
Site: http://www.ipeconsultoria.com.br
E-mail: projetos@ipeconsultoria.com.br

Compartilhe:

2 Comentários

  • Ivan Carrasco disse:

    Ola.Seria possível fornecer uma tabela com as especificações técnicas dos bicos, tais como a nomenclatura adotada e seus fatores de vazão correspondentes?

    • Braulio Viana disse:

      Olá Ivan.
      Como não é possível anexar documentos aqui, fizemos o envio da tabela diretamente para seu email. Estaremos à disposição para eventuais dúvidas sobre os modelos de sprinkler da Skop.
      Adradecemos sua interação em nosso blog.

Deixe um comentário

BNDES
ABSpk
Reliable
ABNT
FM
UL
Assine nossa Newsletter:
×