NOTÍCIAS & EVENTOS

13 de junho de 2018 / Por / One Comment

Onde devo instalar os Sprinklers?

Ter um sistema de segurança contra incêndio é recomendação básica de segurança para qualquer edificação. Mas você sabe quais são os principais locais em que devem ser instalados os sprinklers?

Onde devo instalar os Sprinklers?

Ter um sistema de segurança contra incêndio é recomendação básica de segurança para qualquer edificação. Mas você sabe quais são os principais locais em que devem ser instalados os sprinklers? E quais são as normas e legislações que direcionam sua instalação?

Se não, preparamos este post para que você tenha algumas dicas sobre onde se deve instalar os sprinklers!

Onde devo instalar os Sprinklers?

A legislação para a instalação de Sprinklers varia de acordo a cada unidade da federação. As exigências de uso dos chuveiros automáticos variam de acordo a cada uma delas, às vezes apresentando diferenças significativas. Por isso, é importante saber, em termos gerais, quais são os principais locais onde se deve instalar os Sprinklers, para que não haja nenhuma surpresa futura.

Sendo a recomendação para o uso de Sprinklers variável em cada estado, existem alguns tipos de ocupações que necessariamente demandam seu uso:

●     Fábricas;

●     Indústrias;

●     Galpões de armazenamento (orientado pela ABNT 13792 e em São Paulo pela IT 24);

●     Hotéis;

●     Edifícios comerciais como shoppings, escritórios;

●     Clubes (áreas de aglomeração de pessoas)

●     Entre outros.

As diversas legislações estaduais determinam a necessidade de uso de sprinklers de acordo com o tipo de atividade da edificação, a área da edificação e a altura da edificação.Segundo a ABNT NBR 10897:2014 na maior parte dos casos, a legislação sugere o uso do sprinklers como maneira de viabilizar grandes áreas sem compartimentação, ou para permitir que as áreas de saída de emergência estejam mais distantes.

Porém, como meio de padronizar a regulamentação, e mitigar o risco das atualizações dos decretos estaduais que regulamentam os locais de instalação de Sprinklers a Associação Brasileira de Normas Técnicas definiu na NBR 10897:2014 – Proteção contra incêndio por chuveiros automáticos – a classificação de risco das ocupações.

NBR 10897:2014 – Proteção contra incêndio por chuveiros automáticos

Ocupações de risco leve

“São compreendidas as ocupações ou parte das ocupações onde a quantidade e/ou combustibilidade do conteúdo (carga incêndio) é baixa, tendendo à moderada, e onde é esperada uma taxa de liberação de calor de baixa a média” (ABNT NBR 10897:2014)

Ocupações de risco ordinário

Grupo I
“São compreendidas as ocupações ou parte das ocupações onde a combustibilidade do conteúdo é baixa e a quantidade de materiais combustíveis é moderada. A altura de armazenamento não pode exceder 2,4 m. São esperados incêndios com moderadas taxas de liberação de calor” (ABNT NBR 10897:2014)

Grupo II
“São compreendidas as ocupações ou parte das ocupações onde a quantidade e a combustibilidade do conteúdo é de moderada a alta. A altura de armazenamento não pode exceder 3,7 m. São esperados incêndios com alta taxa de liberação de calor.” (ABNT NBR 10897:2014)

Ocupações de risco extraordinários

Grupo I
“São compreendidas as ocupações ou parte das ocupações onde a quantidade e a combustibilidade do conteúdo são muito altas, podendo haver a presença de pós e outros materiais que provocam incêndios de rápido desenvolvimento, produzindo alta taxa de liberação de calor. Neste grupo as ocupações não podem possuir líquidos combustíveis e inflamáveis.” (ABNT NBR 10897:2014)

Grupo II
“Compreendem as ocupações com moderada ou substancial quantidade de líquidos combustíveis ou inflamáveis” (ABNT NBR 10897:2014)

Ocupações de risco especial

Como o nome já diz, são todas as ocupações onde se utilizam produtos de alta combustibilidade, como: aerossóis, solventes, produtos químicos, entre outros. Para ocupações de risco especial são necessários critérios de projeto e instalação que não se encontram na ABNT NBR 10897:2014.

Conclusão

Ou seja, é importante se atentar a NBR 10897:2014, mas saber, de acordo ao seu estado, as especificações técnicas envolvidas na aplicação e uso dos Sprinklers. Normalmente os estados levam em consideração a altura do edifício, área, e tipo de atividade que que a edificação executa. Não fugindo muito das diretrizes da norma regulamentadora 10897:2014.

Porém, independente da unidade federativa, recomenda-se que os sprinklers estejam distribuídos por toda a área que deva ser protegida; com as tubulações bem dimensionadas segundo o risco a ser protegido; com a área máxima bem calculada; e aplicado em locais onde se evite a obstrução.

Ainda tem dúvidas se seu empreendimento precisa da instalação de Sprinklers? Nós, da Skop, podemos ajudar. Clique aqui e fale conosco que tiraremos todas as suas dúvidas!

eBook: Sprinklers: O guia essencial
Compartilhe: 0

1 Comentário

Deixe um comentário

BNDES
Reliable
ABNT
ABSpk
FM
UL
Assine nossa Newsletter: