NOTÍCIAS & EVENTOS

17 de março de 2017 / Por / One Comment

SKOP chega ao 2º lugar do Prêmio ISB 2017 com o tema Sprinklers no Brasil

Sprinklers no Brasil: Apresentação e análise da nova norma ABNT NBR 16400:2015 – Enfim uma sólida base técnica para a construção de um mercado confiável.

Prêmio ISB 2017

Veja abaixo o resumo do trabalho de Braulio Viana, responsável pela área técnica e de desenvolvimento da Skop, que angariou o brilhante segundo lugar do Prêmio ISB 2017.

Título

Sprinklers no Brasil:
Apresentação e análise da nova norma ABNT NBR16400:2015
Enfim uma sólida base técnica para a construção de um mercado confiável

Resumo

O chuveiro automático, ou sprinkler, é o “gatilho” que dispara automaticamente todas as ações de controle e supressão de incêndio, em ambientes protegidos por Sistemas de Proteção Contra Incêndio por Chuveiros Automáticos e, por isso, deve ser um dispositivo que possui equilíbrio entre cada uma de suas partes e muita resistência, no curto e no longo prazos, a fim garantir os resultados esperados a qualquer tempo e lugar. Estatísticas comprovam a eficácia deste dispositivo, desde que devidamente certificado e confiável. A fabricação de apenas um sprinkler confiável envolve cerca de 150 processos, o que gera centenas de milhões de processos ao longo de um ano de fabricação. Desta forma só é possível garantir a eficácia de um sprinkler e torná-lo um produto confiável, através de um rigoroso Sistema de Gestão de Qualidade (SGQ) ao longo de todo processo fabril, isto é, desde o recebimento da matéria prima até a remessa do produto para o mercado.

Contudo, verificou-se que ao longo da história da aplicação de sprinkler em empreendimentos no Brasil, que teve início em meados do século passado, o mercado atravessou etapas distintas, passando por mercado regulado e integrado por fabricantes nacionais com produtos certificados voluntariamente, chegando aos dias atuais num estágio onde a indústria nacional foi espremida pela invasão indiscriminada de sprinklers sem certificação comprovada e procedência não rastreável.

Na intenção de dar subsídios para construção de um mercado de sprinklers confiáveis no Brasil, este trabalho buscou num primeiro momento reforçar que o alicerce de um Mercado de Sprinklers Confiáveis é formado por quatro pilares básicos: Norma Técnica, Organismos de Certificação, Laboratórios de Ensaio e Legislação associada à Fiscalização;

Contudo o objetivo principal deste trabalho, foi lançar uma luz específica sobre o produto sprinkler, através da análise detalhada dos requisitos da nova Norma Técnica Brasileira ABNT NBR16400:2015 – Chuveiros Automáticos para Controle e Supressão de Incêndios – Especificações e Métodos de Ensaio. A análise se aprofundou no posicionamento da norma frente aos padrões técnicos internacionais e a sua adequação aos padrões brasileiros de mercado e indústria, perpassou ainda por cada uma das partes físicas do sprinkler, a apresentação do conceito de agrupamento dos ensaios normativos tendo como critério a afinidade e o objetivo fim de cada uma deles. A avaliação culminou no detalhamento dos ensaios previstos na Norma Técnica, incluindo os objetivos práticos de cada ensaio e os procedimentos de fabricação e qualidade necessários para a produção de um produto de qualidade comprovada.

Este trabalho se justifica pela crescente utilização de produtos não certificados, que criam uma enganosa sensação de segurança, mas que na verdade expõe vidas e patrimônios ao risco real de perda. Associado a isso existe a necessidade de regulação do mercado consumidor , através de legislação que verse sobre a venda de produtos com padrões mínimos de confiabilidade técnica, pois atualmente existem leis que obrigam a implantação do Sistema de Sprinkler, mas não orientam o padrão técnico do produto sprinkler.

O desenvolvimento do estudo foi realizado através de revisões bibliográficas de literatura associada ao tema. O método utilizado foi o indutivo, devido às minuciosidades da análise, e quanto aos objetivos esta análise se classifica explicativa.

Ao final da avaliação foi possível concluir que a Norma Técnica avaliada (ABNT NBR 16400:2015) é o grande elo entre uma indústria qualificada e um mercado que consome produtos qualificados e ela é a pedra fundamental no processo de organização do mercado, não só direcionado ao processo fabril qualificado de produção do sprinkler, mas também como a base técnica para a elaboração de legislação de cunho técnico capaz de regular o mercado e com isto criar um Mercado Brasileiro de Sprinklers Confiáveis. Ficou concluído também que a atual Norma Técnica Brasileira está pronta para cumprir esta função de elo vital para a construção de mercado confiável.

Através de suas análise e conclusões, este trabalho propõe aos profissionais de toda cadeia relacionada ao sprinkler e seus sistemas, a utilização da referida Norma Técnica, como referencia técnica para a construção de um mercado confiável.

Compartilhe: 0

1 Comentário

Deixe um comentário

BNDES
Reliable
ABNT
ABSpk
FM
UL
Assine nossa Newsletter: