NOTÍCIAS & EVENTOS

13 de março de 2017 / Por / 3 Comentários

Sprinklers em Shopping Centers

Breve análise da instalação na área comum (circulação) e lojas.

Sprinklers em Shopping Centers

O projeto e instalação de sprinklers na área comum dos shoppings são normalmente de excelente qualidade. Por se tratar de uma obra de destaque na região onde ele é implantado, muitas vezes destaque na cidade onde ele será construído, os projetos e obras são elaborados e executados por profissionais de renome no mercado.

O grande problema são os lojistas, onde temos a maior carga incêndio dos Shoppings. Os lojistas tem um custo muito alto de instalação das lojas e por isso tentam baratear onde podem. Capricham na arquitetura, iluminação e ar condicionado, pois isto aparece para o cliente. Agora para instalação e projeto de sprinklers, eles contratam muitas vezes profissionais não qualificados. Estou falando de lojas satélites, não lojas âncoras. As lojas âncoras tem grande preocupação no sentido de se ter um bom sistema de proteção e combate a incêndio.

Para piorar o cenário do pequeno lojista, todo shopping tem o famoso caderno de especificação dos diversos sistemas.

Para sprinklers eles cometem diversos erros. Exigem itens fora de norma, algumas vezes pecam pelo excesso de exigências, que sabemos que nada adianta.

Alguns exemplos encontrados nos cadernos:

Exigem suportes a cada 2,00 m de rede, quando a NBR 10897 (Sistema de proteção contra incêndio por chuveiros automáticos – requisitos) exige que se tenha um suporte para cada conexão da rede e a cada 3,70 m para tubos de 25 mm e 32 mm e 4,60 m para tubos 40 mm e maiores. O grande problema é que apesar de uma quantidade muito maior de suportes, eles não especificam os mesmos. Assim o lojista instala suporte completamente inadequado ao sistema de sprinklers, muitas vezes nos deparamos com suportes de fita walsiva, o que é completamente errado.

É frequente encontrar a exigência de sprinklers no entreforro, para entreforros com altura maiores que 0,50 m, 0,80 mou 1,00 m. Esta exigência de 0,80 m era da FOC que foi extinta em 1980. A NBR e NFPA exigem sprinklers no entreforro, caso o forro ou entreforro sejam combustíveis. Assim muitas vezes somos obrigadas a instalar sprinklers no entreforro sem qualquer necessidade.

Outro erro frequente é a falta de especificação de sprinklers. Simplesmente dizem que o sprinkler deve ser pendente em áreas com forro e up right em áreas sem forro. Não falam do diâmetro, temperatura, tipo de resposta, não exigem certificação e assim por diante.

Com relação a tubos exigem tubos DIN 2440, que não existe mais.

Exigem que se siga tabelas de dimensionamento da rede, adotando-se sistema ramificado. Para lojas âncoras, por exemplo, é muito mais econômico um sistema em grid.

Dificilmente é fornecida a vazão e pressão no ponto de entrega para podermos fazer o cálculo hidráulico adequado.

Se fossemos enumerar todas as exigências e erros dos cadernos este artigo não teria fim.

Enfim uma série de erros e exageros são encontrados nos cadernos. No item sprinklers deveria ser citado simplesmente a exigência de se seguir a NBR 10897. Desta forma evitaríamos exageros de projeto, erros de projeto e certamente o profissional para fazer o projeto deverá no mínimo ter conhecimento da norma de sprinklers.

Tendo em vista que o maior problema de incêndio dentro de um shopping são as lojas é necessário que nós profissionais da área tomemos alguma atitude a fim de melhorar o sistema de sprinklers do lojista.

Uma proposta feita no congresso da Associação Brasileira de Sprinkler (ABSPK) em 2014 é que se crie uma cartilha para os shoppingsdando as boas praticas de projeto e instalação. Esta função por acaso esta conosco e não está esquecida. Em breve se tornará realidade.

Por Engª Diana Araujo
Sócia-Fundadora da Tecfire Consultoria e Projetos

Engenheira Civil, formada na FAAP Engenharia em 1982. Associada Fundadora da ABSpk, membro do CB-24 e Membro do GSI. Cursou especialização em Sistemas de Incêndio em 1984, na Escola Politécnica da USP. Iniciou suas atividades em sistemas de proteção e combate a incêndio em 1983. É sócia-fundadora da Tecfire Consultoria, onde iniciou suas atividades em 1988. Sua empresa é especializada na elaboração de projetos, consultoria e fiscalização de obras no diversos setores, como: Industria, Edifícios comerciais, Shopping Centers, Hipermercados, Supermercados, Centros de distribuição, etc.

Compartilhe: 0

3 Comentários

  • Candy disse:

    That saves me. Thanks for being so sesilbne!

  • Achilles Ferreira disse:

    Boa Tarde, estava lendo sobre sprinkler e achei bastante interessante a abordagem sobre bicos de sprinkler no entreforro. existe hoje uma norma técnica pra isso. estou trabalhando em um uma obra e o pé direito e alto e o forro deve ficar a mais de 0,80cm da laje e minhas instalações são todas aéreas.
    obrigado.

  • Sim, com relação a sprinklers no entreforro, a NBR 10897/2014 fala explicitamente que, se o entreforro e forro forem de materiais incombustíveis, não há necessidade de sprinkler ano entreforro.

Deixe um comentário

BNDES
Reliable
ABNT
ABSpk
FM
UL
Assine nossa Newsletter: