NOTÍCIAS & EVENTOS

24 de fevereiro de 2017 / Por / 0 Comentário

Sprinklers certificados: por que dar importância?

Abordar o tema “certificação de sprinklers” e mostrar seus benefícios são formas importantes de conscientizar que sprinklers não certificados são um risco para a nossa vida.

Antes e depois - incendio

Abordar o tema “certificação de sprinklers” e mostrar seus benefícios são formas importantes de conscientizar, de uma vez por todas, que sprinklers não certificados são um risco para a nossa vida e para o nosso patrimônio.

Existem muitos casos que podem ser citados onde os sprinklers poderiam ter salvado vidas. Em uma apresentação feita para a Fire Show, o diretor executivo/sócio da Skop Sprinklers, Felipe Decourt, citou duas das mais importantes tragédias causadas por falta de equipamentos de segurança contra incêndio: o incêndio na Station Night Club nos Estados Unidos em 2003, que deixou 100 mortos e o incêndio na Boate Kiss em 2013, que deixou 241 mortos na cidade de Santa Maria, interior do Rio Grande do Sul, no Brasil.

Boate The Station antes e depois do incêndio

Boate The Station antes e depois do incendio

Boate Kiss antes e depois do incêndio

Boate Kiss antes e depois do incendio

Contudo, não basta apenas instalar um sistema de sprinklers, é necessário que o sistema tenha a qualidade atestada e isso só se alcança através da certificação dos equipamentos que compõem este sistema, especialmente do dispositivo que é responsável pela ativação, que é o sprinkler. Por isso é necessário que o sprinkler seja certificado, pois se ele falhar, todo o sistema fica comprometido.

No Brasil, a certificação de produtos só pode ser obtida através de um Organismo Certificador de Produtos, o conhecido OCP, que recebe a chancela do INMETRO para a certificação de sprinklers. Conheça as principais certificadoras, pois é através destes selos que você terá segurança na hora da escolha de um sistema e especialmente na hora da escolha do sprinkler que será utilizado neste sistema que protegerá seu patrimônio e principalmente sua vida.

Certificados Sprinklers

Os principais riscos de usar sprinklers não certificados

Podem derreter com o fogo: é sabido que alguns modelos de sprinklers não certificados, normalmente importados da Ásia, utilizam o zamac na construção do corpo devido ao seu menor custo quando comparado ao latão. O zamac, ou zamak como também é conhecido, é uma liga metálica formada basicamente por zinco (Zn), alumínio (Al), magnésio (Mg) e Cobre (Cu). Estes quatro elementos formam a base que dá nome à liga metálica. Em geral este tipo de liga possui mais de 90% de zinco (Zn) e menos de 4% de cobre (Cu). Normalmente ao esmerilhar ou lixar a superfície de um corpo de sprinkler construído em zamac, aparecerá sob o acabamento um metal bem mais claro que o latão

Comparação entre sprinklers não certificados, recolhidos no mercado nacional, forjados em zamac e latão, com braços esmerilhados

Comparacao entre sprinklers nao certificados

Sprinklers não certificados, reprovados no ensaio de resistência ao calor

Sprinklers nao certificados

Podem entupir: maior parte dos sprinklers sem certificação usam O-Ring de borracha e a ação do tempo sobre o elastrômetroelastômero (borracha) pode derreter e colar o obturador no corpo do sprinkler, fazendo com que o orifício de descarga de água fique obstruído.

Constatação de alojamento em sprinkler não certificado, ocasionado por utilização de anel de borracha como elemento vedante

Constatacao de alojamento em sprinkler nao certificado

Pode falhar: um sprinkler não certificação pode falhar e comprometer todo o sistema de combate a incêndio!

Porque utilizar sprinklers certificados

  • Ativar no momento exato da necessidade (em até 30 segundos  após  o surgimento do foco de incêndio), desencadeando as demais ações do sistema para controle e combate ao incêndio;
  • Garantir a distribuição adequada de água sobre o foco do incêndio;
  • Não prejudicar a distribuição  de  água  através  de  um eventual  alojamento  de partes móveis;
  • Ter a capacidade, constatada em pesquisas internacionais, de controlar até 92% dos incêndios com a ativação de até 5 sprinklers;
  • Resistir à ação do  calor  gerado  pelo  incêndio  sem  comprometer  sua funcionalidade;
  • Resistir à ação do tempo, já que é um equipamento que não possui prazo de validade;
  • Estudos comprovam que sistemas de combate a incêndios com sprinklers representam apenas 3% do custo total de um empreendimentos da construção civil (RIZATTE, R.A.A. Evolução do Custo de Sistemas de Sprinklers em Depósitos. In: Congresso Brasileiro de Sprinklers, 2., 2016, Rio de Janeiro)

A partir das poucas informações aqui compartilhadas, foi possível perceber que muitas decisões são tomadas não por má-fé e sim por completa falta de conhecimento. Esta é uma das grandes barreiras que impedem muitas pessoas de diferenciar os sprinklers certificados dos não certificados.

Os oito passos para a especificação correta

  1. Marca/Linha
  2. Fator K
  3. Tipo de resposta
  4. Posição
  5. Diâmetro da rosca
  6. Temperatura
  7. Acabamento
  8. Certificado

“Um sistema capaz de salvar vidas humanas deve ser alvo de decisões acertadas.”

(Felipe Decourt, diretor vice presidente da ABSpk e diretor executivo/sócio da Skop Sprinklers).

Skop: certificação garantida

A brasileira SKOP fornece sprinklers com certificado ABNT. Os produtos da SKOP ainda possuem a Certificação FM e ULBR. A empresa possui um modelo único de padrão internacional, o JCR.

Compartilhe: 0

Deixe um comentário

BNDES
Reliable
ABNT
ABSpk
FM
UL
Assine nossa Newsletter: